Cardápio

Home

Entrada Pimenta Limão   Laranja  Jabuticaba Couve   Goiaba Feijão Espinafre Uva Milho Pepino Quiabo Tomate  Melância Soja   Mandioca Romã   Maçã Chuchu Cereja Cenoura Cebola Café Cajú   Cacau   Beterraba  Berinjela Açaí Batata doce   Banana  Azeitona Ameixa seca Arroz

Alho   Abóboras Abacaxi Abobrinha

… PRA RIR OU … PRA CHORAR?
Com a turma de No Reino das Abobrinhas na Amazon.com
… PRA CHORAR DE RIR
Http://www.amazon.com/s/ref=nb_sb_noss?url=search-alias%3Daps&field-keywords=no%20reino%20das%20abobrinhas
Mandioca
 
SAUDA«’ES A MANDIOCA
A nossa deusa não é lá uma deusa da beleza exterior, sem ser uma miss sua beleza vem de dentro. E essa beleza, que é a que realmente importa, ela tem de sobra e vem de sais minerais, cálcio, ferro, fósforo, amido, vitaminas C, vitaminas do complexo B, vitamina B3, potássio, cálcio, saponina, manganês, licopeno e betacaroteno. E beleza é com ela mesmo. O licopeno e o betacaroteno trabalham para evitar o envelhecimento da pele, e o cálcio, que fortalece os ossos, evita o acúmulo de gordura nas células e, para quem faz academia, tem um alto valor energético. Ela também é boa contra o colesterol do mal, é antiinflamatória, ajuda a regular o funcionamento do intestino, reduz o estresse, dá sensação de saciedade... e por aí vai. Agora vou fazer um tratamento de beleza com um belo prato de mandioca, hmmmm... não acredita? Pergunte a um nutricionista.
 
Nasce uma deusa
Há muitos e muitos anos, quando os europeus aqui chegaram, encontraram uma deusa brasileira que era adorada em tooooda a América. Os índios do Amazonas foram os primeiros e o povo da Europa também passou a adorá-la. Conta a velha árvore a lenda de um casal de índios que teve dois filhos, um menino e uma menina. A menina era desprezada pelo pai, sei lá por quê. Triste, ela pediu à sua mãe que a enterrasse viva, a mãe relutou e diante da triste insistência da filha ela concordou. Tentaram enterrá-la em vários lugares e por fim conseguiram na própria oca. A filha pediu à mãe que ela não olhasse quando ela gritasse e assim foi feito. Algum tempo depois do grito a mãe foi olhar a oca e encontrou um lindo arbusto. Assim nasceu a Mani'oca, ou hoje conhecida como mandioca. Criou raízes na mesa dos brasileiros daquele tempo antigo e foi um dos alimentos mais consumidos no Brasil colônia, pois os colonizadores, após a falta e a dificuldade na adaptação do trigo, passaram a usar a mandioca em seu lugar. Chamada também de pão do índio, com ela eram feitos farinha, biju, tapioca frita, cozida... e jamais comida crua, a mandioca brava é venenosa se comida assim. Também fazem bebida com ela. E a deusa indígena Mani cuidou de encher nossa pança até hoje.
 
EI, PSIU! SABE COMO CHAMAM A MANDIOCA PELO MUNDO
Brasil = Mandioca, aipim,
macaxeira, maniva,
macamba, manbuba
França = manioc, cassava,
pain des negres, saou blanc
Espanha = yuca, pan de
yuca, mandioca, mandiaco,
manioca, tapiuoca, sagu,
manoco, mancobra
Inglaterra = bitter, cassava,
mandioca, manior, yucca
O nome científico é sempre em latim: Manihot esculenta
 
Te contei?
Que o pai do velocista Usan Bolt disse que o segredo do filho é a energia da mandioca? E que a nossa primeira Constituição, em 1824, foi chamada de Constituição da Mandioca?
Agora tá contado!